Semiautomatização na Arquitetura: Como isso pode te ajudar no seu negócio?


Até um tempo atrás era impossível imaginar mudar a temperatura do ambiente, do ar-condicionado, das luzes dos cômodos da sala, do movimento das cortinas e até a frequência da irrigação de um jardim com apenas um toque na tela do celular.


Mas atualmente, com a automação, o sonho se tornou realidade.


Essas soluções que podem ser lançadas através de um projeto de Semiautomatização.


Dentro do mercado ano após ano, sempre há inovações e novas tendências.


Resultando em um consumo de uma população cada vez mais informatizada.


Concluindo, a Semiautomatização na Arquitetura promete tornar a vida mais prática e cômoda.

O que saber sobre as principais tendências da Semiautomatização na Arquitetura?

O papel do arquiteto no desenvolvimento de um projeto é de suma importância, esse profissional deve se apegar ao enriquecimento e no conhecimento de novas tecnologia, levando em conta tudo o que o ambiente desejado pelo cliente ofereça conforto.

Sendo assim, podemos dizer que é claro que, quando o assunto é automatizar ambiente, principalmente na área comercial, muitas pessoas pensam logo de cara na praticidade e na possibilidade de ter um local super moderno e econômico, mas a prática vai muito mais além desse benefício só.

Benefícios da Semiautomatização:


Uma empresa que investe na Semiautomatização alcança muitas vantagens para seu negócios, onde podemos mencionar:

Investindo nesse tipo de tecnologia, é possível constatar em um curto espaço de tempo a redução de inúmeros desperdícios como de água e luz, por exemplo, uma vez que se consegue gerenciar o consumo de onde estiver e da maneira que julgar melhor.

Além disso, é possível ainda proporcionar acessibilidade, que também não deve ser ignorada, e é um benefício tanto para o arquiteto quanto para o cliente.

Imagine: um smartphone já é suficiente para que o cliente tenha controle e gerenciamento de todo o ambiente.

Como a automatização é realizada na prática?



A semiautomatização, via de regra pode estar presente em diversos ramos de atividades empresariais, há como objetivo principal oferecer conforto, tornar possível a realização das atividades comerciais, aumentar a produção, otimizar o tempo, reduzir gastos e oferecer segurança a todos.

Compreendendo melhor os principais benefícios da Semiautomatização na Arquitetura para negócios, é hora de saber o motivo de o papel dos profissionais deste ramo ser tão importante para que o processo de automação não dê errado.

É de extrema importância que o arquiteto esteja por dentro das novas inovações no mercado atual, como se fosse relação de confiança entre o cliente e a companhia que fará o serviço de Semiautomatização.

Tornando como principal referência nos seguintes pontos:

- A decoração que permita o posicionamento estratégico dos eletrônicos da empresa (computadores, telas de apresentação e recursos que os funcionários possam necessitar no dia a dia);

- O projeto de luz de todo o ambiente;

- A seleção dos revestimentos que harmonizam com o projeto de automação;

- O melhor opção de tecido para as cortinas/persianas, por exemplo, caso ela seja automatizada;

- A consulta a engenheiros eletricistas sobre os alarmes;

O arquiteto, por sua vez, é quem tem como papel ser o mediador nesse processo.

Através de toda a sua experiência, será possível integrar toda a tecnologia desejada pelo cliente sem que o projeto perca o gosto do cliente inicialmente.

O arquiteto que irá analisar a viabilidade e funcionalidade de cada um dos desejos do cliente.

Lembre-se da necessidade de se manter atualizado em relação às tendências do mercado e suas tecnologias.


O comportamento humano está cada vez mais relacionado ao uso de tecnologia integrada na rotina, ou seja, é fundamental que o arquiteto seja uma referência na área.

Semiautomatização e Sustentabilidade:





Projetos que envolvam a semiautomatização contribuem inclusive para a preservação do meio ambiente, se tratando de projetos altamente sustentáveis.


Quando investimos na empregabilidade de tecnologia na estrutura de uma empresa, automaticamente há a redução de gastos.


Imagine a economia que você terá automatizando o sistema de energia elétrica de toda a empresa, isso gera redução de gastos e colabora com nosso meio ambiente, tendo em vista que para a produção energia elétrica requer grande esforços de hidrelétricas e grandes quantidades de água.


O serviço de tecnologia referente a semiautomatização em empresas será responsável por integrar os recursos de áudio, como é o caso do som ambiente, usando caixinhas colocadas dentro do teto, por exemplo, além de trabalhar nos esquemas de luz, cortina e ar-condicionado.


Vale acrescentar que, antes de dar início a criação de um sistema de automação é essencial realizar todo um levantamento de dados, buscando conhecer todas as necessidades que devem ser supridas nesse tipo de projeto.


Os profissionais do ramo da Arquitetura devem ter a base de que conteúdo desta análise técnica serve como principal subsídio para a identificação, análise e determinação da melhor estratégia para a elaboração de todo o sistema de automatização.


Pensar em acabamentos benéficos tanto para toda a estrutura do ambiente, tende a evitar desconfortos e acidentes.

Certamente existe uma gama de projetos para quem pretende colocar em prática a semiautomatização em empresas.


Não fique por fora das tendências que envolvem tecnologia e tenha em mente que elas farão parte da rotina de um empreendimento de sucesso, cada vez mais e de forma muito rápida.

e-book-passo-a-passo.jpg
infografico-implantaçao-franquia.jpg
infografico-como-funciona-o-manual-de-ar