Redução de custos para a minha franquia: como posso atingir esse objetivo?

Em um mercado volátil e competitivo, para os empreendedores, é essencial encontrar alternativas para reduzir custos e otimizar os processos.


Embora um caixa precisa de suas "engrenagens" em um funcionamento ativo, existe a possibilidade de fazer ambas as coisas.

Sendo, portanto, necessário ter um tipo de controle.


O controle de despesas tornou-se uma prioridade para qualquer franquia, com o fundamento de melhorar a receita da organização.

Ao optar por realizar uma avaliação interna das contas e entender o funcionamento dos processos, será a melhor maneira de identificar os gastos desnecessários e montar um programa eficaz que ofereça benefícios sustentáveis ​​para a redução de custos em sua franquia.

Tendo em vista a sua lucratividade, ela vai depender através de dois fatores:

• O faturamento do seu negócio;

• E os custos adicionais.

Conquanto, se você precisa de um crescimento saudável para a vida financeira da sua empresa, é essencial investir na redução de custos operacionais, principalmente diante do cenário de instabilidade em que sua franquia está inserida agora.

Mesmo que você esteja pensando em reduzir os custos da empresa, saiba que não está sozinho nessa tarefa. Isso porque há pesquisas que apontam 63% das empresas brasileiras também têm como objetivo diminuir os gastos operacionais, mesmo com previsões que indicam o aumento do faturamento do negócio.

Essa estratégia permite enxugar os gastos do negócio e, com isso, aumentar a lucratividade.


Eliminar custos desnecessários também pode melhorar o planejamento financeiro e a eficiência dos processos internos da organização.

Esse meio leva a uma maior flexibilidade para aproveitar as oportunidades de mercado, sendo essencial investir e desfrutar dessa iniciativa.


Mas, entretanto, entendemos que reduzir custos ainda é um grande desafio, por isso, apresentaremos 6 exemplos para auxilia-lo dentro dessa estratégia.

1. Atente-se a otimização dos processos:

Como deu para notar, investir na redução de custos na empresa pode trazer uma série de benefícios para o negócio.


Porém, essa tarefa não é tão simples quanto parece.


Descubra agora algumas medidas que podem ser adotadas para diminuir os gastos operacionais da sua empresa!

Então: reveja os processos

Mapeie todos os processos da empresa, assim como os recursos necessários para a execução de cada um deles.


Com esses dados em mãos, analise os custos de cada uma das atividades e crie planos de ação para otimizá-las e reduzir os gastos operacionais.

Você pode identificar tarefas que não geram resultados estratégicos para o negócio e podem ser eliminadas.


Além disso, é possível modificar a rotina da empresa de forma a reduzir os recursos utilizados para cada uma delas.

A automação de processos é uma maneira simples e econômica de otimizar os serviços do seu negócio e, ao mesmo tempo, reduzir seus gastos.


E em relação a obtenção de dados precisos, será difícil tomar boas decisões financeiras sem ser contingentes para o futuro do seu negócio se você não tiver uma visão precisa do seu quadro financeiro atual.

Então, a automação funciona tão rapidamente e mantém registros de todos os projetos, faturas, relatórios, etc., você obtém acesso instantâneo aos dados mais precisos disponíveis.


Esse tipo de informação permite que fazer previsões com mais propriedade e gerenciar projetos de capital de maneira eficiente.

2. Crie metas e planos de ação para redução de custos:

O estabelecimento de metas define claramente a contribuição esperada de cada um dos membros da sua equipe para atingir o objetivo da redução de custos.


Trabalhar a partir dessa estratégia é o sinal mais eficaz para os colaboradores das empresas de que você está falando sério sobre atingir a meta de contenção de gastos.

No entanto, é importante que o plano a ser desenvolvido esteja alinhado com outras necessidades estratégicas da empresa.


Por exemplo, o objetivo é reduzir os custos em 20%, o que permitirá a organização expandir o seu alcance no mercado; os planos de ação são os meios para alinhar a meta com a responsabilidade a nível individual.


Todavia, para não errar no processo, é importante atentar a alguns detalhes:

- os alvos devem ser definidos de cima para baixo (da gerência para o restante da empresa);

- as metas são necessárias, mas não são suficientes (só com uma mentalidade única é que os resultados serão significativos);

- o benchmarking é apenas um insumo para a definição de alvos (os benchmarks informam o estabelecimento de metas junto a vários outros insumos, incluindo julgamento executivo, tendências históricas e desempenho orçamentário).

3. Invista em capacitação de funcionários:

Treinar e desenvolver os seus funcionários pode ser fundamental para o sucesso futuro de sua organização.


Os seus colaboradores são o seu maior trunfo, desde que realizem o trabalho necessário para que a empresa consiga atender aos objetivos de negócios.

Um treinamento eficaz projetado especificamente para a sua organização pode fornecer aos seus profissionais as habilidades essenciais para executarem com excelência as suas habilidades, ao mesmo tempo em que traz uma série de benefícios para os negócios.

Se você deseja colaboradores eficientes, produtivos e adaptáveis, são necessárias algumas habilidades, como:

• pensamento crítico e resolução de problemas;

• comunicação;

• colaboração;

• criatividade e inovação.

4. A importância sobre o envolvimento de toda a equipe no objetivo:

Para um planejamento de redução de custos só será eficaz se houver a participação de todos os colaboradores da empresa.


Isso é um fato.


Não se trata de um objetivo de promoção individual, já que, nesse cenário, o trabalho coletivo faz toda a diferença.

Por isso, é preciso garantir que todas as equipes entendam e colaborem para o alcance das metas estabelecidas.


Um membro alheio ao plano criado é o suficiente para comprometer os resultados esperados.

Uma das alternativas mais eficazes nesse sentido é realizar palestras com informações pertinentes sobre a importância da redução de custos.


Todavia, para um completo engajamento, será preciso muito mais do que o simples: “porque sim!”

O envolvimento de equipe trata-se de confiança, então, criar um elo entre as partes é a única garantia de ser bem-sucedido nessa etapa.


Assim, não seja superficial, mostre como a redução de custos será importante para a empresa e para cada profissional envolvido.


Todos precisam sair das reuniões com a certeza de que seguir o planejamento geral é o melhor caminho.


5. Utilize um checklist:

Mesmo que os seus funcionários estejam capacitados e engajados com o planejamento de redução de custos, sempre existirão detalhes que passarão despercebidos no dia a dia.


É nesse ponto que o uso de um checklist se torna essencial.

Para facilitar o trabalho e aumentar as chances de sucesso, você pode dividir o processo de conferência por departamentos.


Por exemplo, cada setor tem a sua meta a ser cumprida.


Com o checklist, você pode verificar se os passos para atingi-la são seguidos como o planejado.

6. Que tal investir em sustentabilidade?

Você já parou pra pensar em reduzir custos e, ao mesmo tempo, promover a sustentabilidade e a preservação do meio ambiente?


Isso não é apenas possível, mas consiste em uma estratégia eficiente de redução de gastos na empresa.

Troque copos descartáveis por canecas, reutilize folhas de papel e economize impressões.


Além disso, você pode investir em fontes de energia própria e na captação da água de chuva para reutilização.

Simples.


Porém uma boa alternativa para a redução custos por meio da sustentabilidade é apostar na logística reversa.


Pesquisas indicam que mesmo um pequeno investimento em logística reversa já é capaz de gerar economias substanciais para o negócio.

Esses são os meios práticos e essenciais para reduzir o custo na sua empresa de forma eficiente.


Claro, é importante lembrar que os resultados só acontecerão se houver uma predisposição para mudanças e adaptações, principalmente por parte da gerência e da área administrativa da empresa.


Então, analise as informações apresentadas e comece agora mesmo a diminuir os gastos de sua franquia.

e-book-passo-a-passo.jpg
infografico-implantaçao-franquia.jpg
infografico-como-funciona-o-manual-de-ar