Quais os benefícios da realidade virtual para a Arquitetura?





Por que a realidade virtual ganhou força nos últimos tempos?


É somente uma simples inovação ou realmente pode mudar a rotina de qualquer arquiteto?

Será exemplificado através de muitos casos como essa realidade virtual pode mudar a perspectiva de um longo e árduo trabalho na vida de um arquiteto!

Descubra porque essa nova atração é uma novidade que pode perdurar por muito tempo ao trazer inúmeros benefícios!

Dentro dos escritórios de arquitetura, é possível enxergar inúmeros benefícios que essa realidade oferece tanto para o profissional quanto para o cliente.


Dessa forma, é necessário se atentar sobre as importâncias do uso cada vez mais integrado dessa prática na rotina.

O fator de não haver uma pré-visualização de um determinado projeto, hoje, através da tecnologia, é possível facilitar a visualização prévia do trabalho do arquiteto como forma de um trabalho melhor elaborado.


Agora, através da praticidade existe a possibilidade de personalização.


Além, é claro, de permitir uma visualização prévia bastante precisa.

No meio da arquitetura, já é possível destacar exemplos de visionários que têm depositado muito estudo e trabalho em possibilidades inicialmente inusitadas, porém perfeitamente possíveis.


Portanto, uma realidade.

Sabe o que é mais impressionante?


Tais recursos estão sendo utilizados por arquitetos para ações que terão grande impacto no futuro.


Esse é o exemplo da empresa KieranTimberlake.


Com sede nos Estados Unidos, os arquitetos firmaram parceria com a NASA e outros institutos de inteligência americanos para criar uma cidade operária virtual em Marte.

O projeto, que está em curso desde o início dos anos 2000, tem como principal objetivo desenvolver uma cidade levando em conta os problemas reais que ainda impedem uma possível colonização do planeta.


Por exemplo: como a energia seria gerada?


Qual é a melhor forma de construir os edifícios? Como interagir com a natureza local?

Se você já possui diversos projetos em andamento mas quer testar a realidade virtual, saiba que é possível testar a tecnologia sem perder todo o trabalho que já foi feito.

Lá nos Estados Unidos, a Startup americana IrisVR desenvolveu um software chamado Prospect, capaz de converter seus projetos, originalmente em formato 3D, em realidade virtual.

Após essa conversão, o programa permite verificar se os recursos de realidade virtual na arquitetura realmente atendem às suas necessidades.


Caso a resposta seja sim, ele ainda oferece diversas opções de personalização do projeto, de forma moderna e cheia de possibilidades.

O processo é muito simples, e é possível baixar uma versão específica sem gastar nem um centavo por isso.


Existe uma gama muito grande de recursos que podem ser utilizados no software, como adicionar informações sobre as condições atmosféricas do local.

Veja alguns benefícios da realidade virtual na Arquitetura:


1 – O cliente pode visualizar o projeto antes de estar pronto:

Basta o cliente colocar um óculos 3D, em realidade virtual, e imediatamente começará a andar pelo cômodo de sua futura casa, já sabendo como ficarão todos os detalhes?


Incrível, não?

Através dessa tecnologia, tanto você quanto seu cliente terão tempo de sobra para sugerir todas as alterações necessárias, sem gastar dinheiro ou tempo desnecessariamente na troca ou devolução de materiais.

Sendo eles também uma ótima maneira de apresentar o seu trabalho, fazendo com que a pessoa se sinta dentro dos projetos.


2 – Aumente a captação de clientes


Conquanto, plataformas vêm sendo desenvolvidas para que o cliente tenha a impressão de estar imerso no projeto digital.

A sensação é transmitida principalmente por meio da integração dos softwares com dispositivos já existentes no mercado.


A Google, por exemplo, investe muito na área e já conta com diversos produtos que ajudam a expandir esse universo de simulação.

Para isso, além dos softwares são necessários um smartphone e óculos que deem suporte ao aparelho.


Entre as diversas ações que estão sendo desenvolvidas para arquitetos, as principais dizem respeito à forma de interação do usuário com o espaço.

É possível andar pelo projeto, usar recursos de som (como barulhos exteriores de pássaros e do vento), aplicar diversos revestimentos até descobrir os que mais combinam, fazer tentativas com móveis e decoração, entender melhor o espaço disponível e verificar a forma como a luz vai entrar no ambiente, por exemplo.


Esses são grandes atrativos na hora de apresentar o projeto para o cliente!


3 – Os custos iniciais são baixos


Ao contrário do que se pensa, os gastos para adoção da realidade virtual não são altos.


Por exemplo: Um Oculus Rift custa US $ 600 por unidade, o que traz um bom custo benefício, pois um único cliente que fechar negócio graças, já paga o investimento em totalidade.


4 – Adeus ao retrabalho!


Quando um cliente é capaz de experimentar um projeto com riqueza de detalhes, certamente eles são capazes de obter uma melhor sensação para decidirem o que querem e o que não querem para o projeto como um todo.


Tudo isso significa que sua empresa vai gastar muito menos tempo refazendo projetos e pedindo mais uma rodada de feedback.





Mas sabe qual é a maior vantagem dessa tecnologia?


É que você terá todo o projeto digitalizado e planejado exatamente da maneira como ele será colocado em prática.


Não correrá o risco, por exemplo, de perceber no fim que a iluminação colocada na sala não vai funcionar como foi pensada, ou descobrir falta de harmonia entre os móveis.

Esse erro pode ser previsto muito antes da aplicação, evitando gastos desnecessários e tempo direcionado a algo que não daria certo.

Dessa forma, a realidade virtual ao estar presente no dia a dia do arquiteto poderá proporcionar melhores resultados em seus efetivos trabalhos, gerando bom empenho em cada projeto.

e-book-passo-a-passo.jpg
infografico-implantaçao-franquia.jpg
infografico-como-funciona-o-manual-de-ar