Por que você não deve ignorar o gerenciamento da qualidade na sua obra Qualidade!

Atualizado: 22 de Out de 2019

Qualidade! Quando falamos de obra esse pode ser um assunto bem polêmico. Afinal qualidade pode ser bem subjetivo.


Adianta você definir o escopo, determinar um orçamento e um cronograma, se você não definir a qualidade?


E então, lá no final da obra, quando você for verificar, ela estiver mal feita, o que vai acontecer?


Mesmo que a obra tenha sido concluída dentro do prazo e sem estourar o orçamento, se você não planejar a qualidade, quando terminar a obra, você terá que fazer retrabalhos!


E retrabalhos significam mais prazos e mais custos!


Mas afinal, qual é a definição de qualidade?


Segundo o PMBOK, qualidade significa a conformidade com os requisitos, normas ou procedimentos. Mas os requisitos de quem?


Imagine o seguinte:


O cliente informa: eu quero ter torneiras com água quente.


Este é um requisito certo? Sim. Mas ele não é específico.


Para o João que vai executar a obra, ter água saindo da torneira à 35º Celsius é o que significa ter água quente.


Já para a Joana, que é a patrocinadora da obra, a água para ser considerada quente deve ter 45º Celsius.


Mas se isso não ficar claro, fica a critério de quem está executando decidir.


Por isso, antes da obra é que se deve deixar claro quais os requisitos.


E coletar e informar os requisitos, e critérios de qualidade é de responsabilidade de quem gerencia a obra.


Saiba porém que os requisitos não vem apenas do cliente.


Numa obra de loja de shopping por exemplo, muitos requisitos são estabelecidos pelo comitê técnico do shopping e informado no manual técnico.


Outro lugar onde são estabelecidos os requisitos para a obra, é no próprio projeto de Arquitetura ou nos projetos complementares.


Por exemplo: se no projeto de arquitetura estiver especificado como material de acabamento: Utilizar tinta acrílica premium acetinado fosco cor X, mas na obra, o pintor estiver utilizando tinta acrílica econômica acetinado fosco cor X, terá qualidade?


Não, pois isso significa inconformidade com os requisitos, mesmo que aparentemente o resultado apresente semelhanças.


Normas Técnicas também são lugares onde obtemos os requisitos.


No Brasil a ABNT, Associação Brasileira de Normas Técnicas é responsável por determinar os padrões de qualidade em diversos aspectos, inclusive em obras.



Depois de tudo isso, você conseguiu entender a importância de estabelecer métricas de qualidade, e torna-las claras antes da execução da obra?


Outra questão importante a se levar em conta é: quem é o responsável pela qualidade?


A qualidade é responsabilidade de todos.


Todos no canteiro de obra, devem se empenhar em fazer a obra com qualidade, e mantê-la limpa.


Porém, a alta administração é que deve ter a iniciativa e prover os meios necessários, como por exemplo fornecendo os equipamentos necessários para proteção e segurança e também orientando a execução seja no dia a dia, ou por treinamentos.


Depois deste vídeo, você conseguiu entender como pensar na qualidade é fundamental para o sucesso da sua obra?


Se sim, que tal compartilhar este vídeo com outras pessoas que poderiam se beneficiar destas informações?


Assim, você além de ajudar a ela, você também ajuda o nosso canal a crescer.


Muito obrigada pela sua atenção.


Te espero no próximo vídeo.

e-book-passo-a-passo.jpg
infografico-implantaçao-franquia.jpg
infografico-como-funciona-o-manual-de-ar