7 dicas de como o PMP pode gerar à você uma melhoria aos processos

Atualizado: 22 de Out de 2019

Ao falar sobre a certificação PMP (Profissional de Gerenciamento de Projetos), consideramos como o indicador de habilidades tratando-se sobre a gerência de iniciativas.

É um aprimoramento muito recomendado para quem tem vocação de liderança e já trabalhou comandando equipes e deseja realizar uma melhoria aos processos.


A sigla PMP significa Project Management Professional (Gerente Profissional de Projetos).


O título PMP, de Gerente Profissional de Projetos, é concedido desde 1984 aos profissionais aprovados em exame realizado pelo PMI.

Para obter a certificação, o candidato deve atender aos seguintes requisitos:

Formação de quatro anos (de bacharel ou equivalente);

Mínimo de três anos de experiência no gerenciamento de projetos;

Mínimo de 4.500 horas de liderança e direção de projetos;

35 horas de formação em gerenciamento de projetos.

Ou, então:

Diploma de ensino médio (ensino médio ou equivalente);

Mínimo de cinco anos de experiência no gerenciamento de projetos;

Mínimo de 7.500 horas de liderança e direção de projetos;

35 horas de formação em gerenciamento de projetos.

Ou seja, competência para conduzir e dirigir projetos e as equipes responsáveis por ele, deve ser aprovado no exame e aderir ao Código de Conduta da profissão.


Ao redor do mundo, existem cerca de 100 mil pessoas certificadas.

O ideal é que se faça um curso preparatório.


Quer aumentar ainda mais sua qualificação para obter aprovação na prova?


Um curso preparatório oferece conteúdo prático para quem deseja prestar o exame e obter a certificação.

Escolha sempre um treinamento que ofereça bons materiais de apoio e provas para comprovação do conhecimento adquirido.


Um profissional sabe que após ser certificado PMP vai adquirir muito mais competências para ter sucesso em todo o ciclo de vida de um projeto.

Os profissionais da Artusi Arquitetura entendem que investir na certificação PMP é primordial para quem deseja trabalhar na área de gestão de projeto, isso porque essa certificação irá regularizar algo que já faz parte de você: Gerenciar projetos.

O título é reconhecido como o mais importante da área.


Alguns empregadores dentro do mercado de trabalho, inclusive, já consideram o PMP como pré-requisito para preenchimento de certas vagas.

7 dicas de como o PMP pode gerar à você uma melhoria aos processos:

1. Consolidação no mercado de trabalho atual;

2. Reconhecimento Profissional;

3. Aperfeiçoamento de Gestão de Processos

4. Maiores chances de ser aprovado em qualquer empresa

5. Conhecimento na coordenação de ações decisivas para o sucesso ou o fracasso de um negócio;

6. A certificação PMP conta como pré-requisito para os cargos de gerentes de projetos;

7. Diferencial que desperta a atenção de clientes

Com o mercado de trabalho saturado em alguns pontos, investir em qualificação profissional é o caminho mais acertado para quem não abre mão de consolidação e reconhecimento na carreira.


Mas não somente por isso, um bom profissional que deseja realmente fazer uma melhoria nos processos.

Contanto, conhecer as melhores e mais práticas formas de se trabalhar também é totalmente essencial.


Para a Artusi Arquitetura, o arquiteto é um profissional que projeta e idealiza os espaços para os mais diversos usos humanos, onde entra o estudo da urbanização.


Pode ser um prédio, uma praça, uma casa ou mesmo uma área verde.


Ele quem planeja as construções, organiza os espaços e encontra soluções atender às necessidades de quem utilizará aquela construção.


Então, quais as vantagens de um profissional de arquitetura obter o PMP?

Ao optar pela melhoria nos processos, o recurso da PMP é o papel principal para pessoas que almejam trabalhar com gerenciamento de projetos, como um bom exemplo em massa: Arquitetos.

Atualmente, o mercado de trabalho já está considerando a certificação PMP como pré-requisito para os cargos de gerentes de projetos.


Claro que a experiência profissional conta bastante e, particularmente, considero muito mais importante que um título de certificação, mas alguns recrutadores, e algumas vagas, já privilegiam o título PMP à experiência profissional.

Como tirar dessa experiência a melhoria nos processos através da certificação PMP?

Uma das formas de garantir a eficácia de projetos é contar com profissionais que tenham a certificação PMP.


O sucesso de um projeto passa também por usar as ferramentas mais aderentes a necessidade do seu negócio.

A gestão de projetos envolve atividades sensíveis para muitos negócios, tanto na esfera privada como na pública.


Os empregadores procuram por níveis elevados de conhecimento na coordenação de ações decisivas para o sucesso ou o fracasso de um empreendimento.

Por conta da alta concorrência no mercado atual, as companhias necessitam de diferenciais que despertem a atenção dos clientes.


Por isso, profissionais aptos a oferecer excelência a preços competitivos valem mais do que ouro.

Com esse selo, o profissional pode capacitar-se e dominar protocolos, mecanismos e condutas baseadas nos métodos do PMI.


Por meio de muita pesquisa, ele descobre novos instrumentos, teóricos e práticos, para garantir mais seriedade e consistência em suas decisões, o que quase sempre significa êxito.

Esse documento pode permitir ainda que esse gerente desenvolva e aperfeiçoe suas aptidões para o controle de dados, para prever os riscos e para ter resiliência e sagacidade diante de imprevistos e emergências.


Vale lembrar que o mercado exige que se faça tudo isso em alta velocidade!

Através desse preparo, o gestor se torna capaz de projetar operações curtas, com data para início e término, bem como as de médio e de longo prazos.


Também pode trabalhar em companhias dos mais diferentes portes.


Concluindo, a certificação PMP é tido como o mais reconhecido certificado em todo planeta nesse tema.

e-book-passo-a-passo.jpg
infografico-implantaçao-franquia.jpg
infografico-como-funciona-o-manual-de-ar