Como o Manual de Arquitetura pode contribuir com a expansão do seu negócio

Atualizado: 22 de Out de 2019

Você conhece no nosso Manual de Arquitetura?


Então, deixe-me apresenta-lo e ainda mostrar para você como ele pode contribuir com a expansão do seu negócio.


Olá, está confortável?


Hoje eu quero conversar sobre expansão, mais precisamente a expansão do seu negócio.


Falaremos sobre alguns números, veremos opções e eu lhe apontarei caminhos seguros.


Quero explicar-lhe sobre a participação da Arquitetura dentro da sua empresa, mostrar para você como ela está intimamente ligada aos fatores de expansão do seu negócio.


Tudo com muitos exemplos, claro, para não tornar o tema maçante.


Depois, mostrarei como nós elaboramos um Manual de Arquitetura voltado para facilitar (e muito) a aplicação dos conselhos, premissas e prerrogativas.


E aí darei detalhes de como esse Manual funciona e o impacto que ele terá na expansão do seu negócio.





O que acha? A promessa é boa, concorda?


Então vamos lá, separe 10 minutinhos do seu dia, me dê esse voto de confiança e deixa eu te mostrar como a Arquitetura pode influenciar o crescimento da sua marca.


Minha história na Arquitetura


Arquitetura é a minha paixão, digo isso sem medo de soar piegas.


É o que eu faço, é o que eu vejo, o que pesquiso, é como eu enxergo o mundo.


São com os olhos da Arquitetura que eu consigo detectar necessidades, desenvolver soluções e encontrar o caminho para a expansão de qualquer empresa.


E para você, o que é a Arquitetura?


Evidente que a minha paixão pela Arquitetura nasceu, cresceu e se desenvolveu dentro da minha história.


Estou certa que você tem esse mesmo sentimento em relação aos seus negócios e ao seu produto.


Mas, e se eu lhe pedir para que você descreva a Arquitetura das suas lojas, como você faria?


Se eu perguntar o que é Arquitetura?


Algumas pessoas diriam que a Arquitetura é a arte de planejar prédios, casas, enfim, espaços que serão ocupados por pessoas.


Essa é uma definição correta?


Mais ou menos, ela não está necessariamente errada, só ficou estacionada no meio do caminho.


Faltou a parte mais importante, a parque em que a Arquitetura – com A maiúsculo – é utilizada para desenvolver, organizar e potencializar um espaço físico.


Ou seja, a parte em que a Arquitetura pode expandir o seu negócio.


Como a Arquitetura pode ser usada para expandir o meu negócio?


Arquitetura lida com processos de organização, design e solidez, o que isso significa?


Uma boa Arquitetura é planejada para lidar com três questões fundamentais: a funcionalidade, a beleza e a capacidade do Projeto de perdurar às transformações.



Fonte: http://www.manualdoarquiteto.com.br


Esses três itens formam os pilares que fundamentam qualquer Projeto, sendo que nenhum deles é mais importante que o seguinte.


Todos devem ser tratados com total seriedade.


No latim, os pilares são chamados de: Utilitas, firmitas e venustas – a utilidade, a firmeza e a beleza estética.


Qual é o papel da Utilidade no Projeto de Arquitetura


A utilidade lida com a parte funcional do Projeto.


Quando dizemos que um Projeto é útil – ou funcional – estamos falando de um ambiente físico em que todas as pessoas que circulam por ele tenham liberdade para desfrutar do local sem interferências ou desconforto.


Qual é o papel da Firmeza no Projeto de Arquitetura


Se a utilidade conversa com o ambiente de modo prático, a Firmeza diz sobre a confiabilidade de um Projeto.


Um Projeto firme poderá ser utilizado por muitos anos, em muitas situações.


Para a Arquitetura de varejo a Firmeza também pode ser expandida como a capacidade do Projeto de ser replicado, sendo assim, firme é um Projeto que pode ser utilizado em diversas filiais.


Qual é o papel da Beleza na Arquitetura


Finalmente encontramos a Beleza, para muitos, a Arquitetura lida e se preocupa unicamente com este item, mas nada pode estar mais longe da verdade.


A Beleza está em Projetos funcionais, ela aparece em Projetos confiáveis e sólidos.


A Beleza é resultado de pesquisa e esforço, ela é o resultado, não o ponto de partida.


Quando você entra em um Projeto que tem Beleza você sabe e sente que está diante de um Projeto de Arquitetura bem feito – mesmo que você não tenha qualquer conhecimento sobre design.


A Arquitetura é como um bom filme, um livro clássico, uma peça de música.


Mas diferente de muitas Artes, a Arquitetura tem a capacidade de apelar para muitos sentidos.




Quando você está dentro de uma boa Arquitetura você sabe, não sabe bem o porquê, mas sabe.




O Manual de Arquitetura


O Manual de Arquitetura é pensado para que você tenha capacidade de transportar todas essas qualidades inatas da Arquitetura para as suas filiais.


Com um Projeto de Arquitetura bem elaborado e um Manual de Arquitetura detalhado, você certamente verá a expansão do seu negócio.


Agora vamos falar sobre produtos e vendas, vou explicar como funciona o Manual de Arquitetura e como ele será responsável pela expansão do seu negócio.


Você verá que a elaboração dele é simples e a aplicação será ainda mais tranquila.


Os passos na elaboração do Manual de Arquitetura


Primeiro passo: O Bom e sempre bem-vindo bate-papo


O processo começa com uma reunião para que nós possamos conhecer você e a sua empresa.


Analisaremos as suas necessidades, os rumos que você deseja tomar, falaremos sobre o espaço físico.


Em resumo: uma conversa aberta e franca sobre o que você deseja e como nós podemos levar você até lá.


Segundo passo: Compreensão do seu mercado.


Sabendo que é você e quais são os seus objetivos, partiremos para a criação do contexto que envolve toda a sua marca.


Veremos quem são os principais concorrentes, qual é o tamanho do mercado e como ele funciona atualmente.


Analisaremos a dinâmica dentro deste mercado – quais são os desafios, quais são as facilidades.


Tudo isso para que a Arquitetura tenha capacidade de dialogar com a sua marca de modo funcional.


Terceiro passo: Primeiros esboços, quando a ideia vai tomando forma


Esse terceiro passo já é particularmente muito excitante. Depois de conversarmos e analisarmos o seu mercado – depois de todo o levantamento – então nós entramos no modo “lapiseira, prancheta e mãos desenhando”.


Bem, na verdade nós utilizamos muitos programas de computador, mas você captou a ideia.


No terceiro passo, nós aprofundamos o estudo do espaço físico para as franquias e começamos na elaboração das primeiras soluções.


Nesse estágio nós também faremos estudos sobre materiais a serem utilizados.


Quarto passo: Desenvolvimento dos métodos de apresentação


O quarto passo é um refinamento do terceiro.


Aqui são elaboradas as formas de representação do seu Projeto, assim como serão determinadas quais as informações estarão presentes nele.


Imagine o quarto passo como a elaboração de um mapa contendo todas as informações que serão relevantes no futuro.


Então, nós sentaremos com você para determinar quais informações serão incluídas no Manual de Arquitetura.


Esse passo é importante para que o Manual de Arquitetura tenha todas as informações relevantes para os seus franqueados. Sem sobrecarrega-los.


Quinto passo: A seleção dos fornecedores e a diagramação do Manual de Arquitetura


No quinto passo nós criaremos uma lista de fornecedores para a elaboração do Projeto.


Lembrando que essa lista será feita com base em critérios claros de qualidade, serviço e preço.


Sabemos como a escolha de um fornecedor de confiança pode ser exaustiva, então é nessa hora que a nossa expertise será valiosa para as escolhas.


Também está no quinto passo a escolha da diagramação do Manual de Arquitetura.


Vale lembrar que essa diagramação é feita com base em informações relevantes sobre o seu mercado e sobre as características fundamentais da sua marca.


Assim os franqueados terão um Manual que reflita as características, conceito e identidade da marca, e não apenas um guia genérico.


Sexto passo: Hora da apresentação


No sexto passo é quando nós apresentaremos para você o Manual de Arquitetura finalizado.


Faremos as explicações sobre todos os itens, as escolhas, os fornecedores e as soluções de diagramação.


É claro que neste momento você poderá solicitar alterações finais, estaremos disponíveis para garantir que o resultado fique exatamente como você deseja.


Benefícios do Manual de Arquitetura


O Manual de Arquitetura é capaz de organizar e racionalizar os processos para a construção deu uma nova franquia, facilitando a réplica de um Projeto de Arquitetura em outros locais.


Manual de Arquitetura é necessário?


Imagine a facilidade que é possuir um verdadeiro manual de instruções para conferir no momento em que uma nova franquia for construída.


Um documento constando normas de montagem, listas de fornecedores, gastos com a obra, entre tantas outras informações.


Quais as facilidades de possuir um Manual de Arquitetura?


Toda obra exige a elaboração de um projeto, por mais simples que seja.


Uma obra sem projeto é como sair de casa sem rumo, você pode até chegar em algum lugar, mas qual?


Se toda obra exige um projeto, então o Manual de Arquitetura foi pensado para que você tenha um projeto executivo que contemple toda a sua rede de franquias.


Tudo o que você precisará fazer estará no Manual.


A Arquitetura dentro do nosso cotidiano


Como você pode notar, eu amo Arquitetura, amo o que eu faço.


Poderia falar e escrever sobre horas, mas sei dos nossos compromissos.


Deixo o convite para que nós possamos conversar mais sobre o assunto.


Entre em contato comigo, vamos conversar sobre como a Arquitetura pode ajudar você.


Também indico que você leia o meu blog.


Lá eu escrevo sobre o de varejo, a Arquitetura e as transformações do marcado.