A importância da identidade visual para a sua franquia

Atualizado: 22 de Out de 2019




Cada empresa possui um perfil próprio, uma história e propostas definidas.


As marcas são diferentes e os negócios que se destacam no mercado são aqueles com personalidade e autenticidade.


Muitas coisas dentro da empresa podem autenticar isso.


Seja a forma de serviço, a proposta exibida para a clientela e para a equipe de trabalho e até mesmo os pequenos detalhes que parecem não fazer diferença no início.


A identidade visual de uma marca diz quase tudo sobre ela.


É uma prévia do que os consumidores terão acesso, que pode influenciar as futuras compras.


Toda e qualquer empresa precisa de uma perspectiva forte e a identidade visual é uma grande alternativa para mostrar isso.


E para franquias, o caso continua sendo o mesmo.


Apesar disso, as franquias possuem uma padronização a ser seguida, para poder ser reconhecida pelos consumidores em potencial.


Mas afinal, o que é identidade visual? De que forma é possível elaborar? Quais são as estratégias e planejamentos? Como é feita a identidade visual de franquias?


Ah, pode ficar calmo (a)!


Nós selecionamos as melhores informações sobre a importância da identidade visual para a sua franquia! Acompanhe:


O que é identidade visual?


É algo bem simples de entender pois, nada mais é do que a identidade da marca em si.


Pode estar relacionada aos aspectos visuais (como um cartão de visitas) ou de serviço (como o relacionamento com o cliente).


Antes de saber qual é a identidade, é necessário conhecer quais são as propostas e objetivos da empresa.


  • Qual é o perfil da empresa que desejo me tornar um franqueado?

  • O que desejo oferecer para o meu público consumidor?

  • Quais são os diferenciais do negócio que pretendo adquirir?


São aspectos como esse, utilizados de forma correta, que fazem as empresas sucedidas e ter boas vendas.


A construção de uma identidade visual não é algo simples. Afinal, requer criatividade, tempo e investimento.


Entretanto, ela é primordial para você e o seu negócio. É a identidade que vai definir qual é diferencial da marca perante aos concorrentes e ao mercado.


O que é franchising?


Se você pensa em ter uma franquia, provavelmente já ouviu falar em franchising.


E se você ainda não entendeu esse sistema de mercado, nós vamos te explicar:

O franchising nada mais é do que o direito de usar um conceito de negócio que já está dentro do mercado.


Ou seja, a identidade é comercializada para ampliar o negócio e o reconhecimento da marca.


Existe um método famoso inserido no franchising, que se chama know-how.


Esse método é baseado no conhecimento, experiência e padronização da marca.


Com as informações e estratégias já estabelecidas pela franquia, o know-how tem a função de reproduzir o planejamento que considera essencial e repassar para os seus franqueados terem sucesso com o método único ou até “secreto”.


Qual é a funcionalidade da identidade visual para a empresa?


A identidade visual é tão importante para a marca porque tem exerce muitas funções ao mesmo tempo.


No aspecto visual, atrai as pessoas pelo design, pelas cores, texturas e até mesmo modernização.


Pensando nisso, buscamos trazer para você as características que a identidade pode trazer para a sua franquia. Vamos lá? A seguir, alguns exemplos:


1. Reconhecimento


Através da identidade visual, os clientes já sabem qual é a “marca registrada” do negócio e tem a atenção voltada para isso.


Por exemplo, se um consumidor está em algum espaço e consegue reconhecer a sua franquia, isso vai atrai-lo de forma mais rápida pois já conhece o empreendimento e como ele funciona.


Outro benefício que o reconhecimento traz é a segurança. Quando a clientela conhece a sua loja, eles tendem a se sentirem seguros e confortáveis no ambiente.


Afinal, já visitaram a franquia e entendem o que é exposto nela.


2. Relacionamento


Como falamos anteriormente, o cliente se torna confiante em relação à franquia quando o mesmo a conhece.


Portanto, isso se transforma na construção de um relacionamento entre empresa para com o cliente.


Normalmente, o vínculo entre o empreendedor e o cliente se torna valioso.


Os consumidores são inclinados a visitar espaços confiáveis, influenciando assim nas suas compras.


O relacionamento que é construído através da identidade visual é muito interessante.


Alguns podem achar a identificação e o perfil da empresa algo simples e comum, mas pode mudar todo o rumo do sucesso da franquia.


3. Rentabilidade segura


Como você já pode imaginar, a identidade da marca traz muitos benefícios a economia do negócio.


E ao carregar essa rentabilidade, automaticamente ela traz a segurança com ela.


Isso acontece porque se você projetar corretamente a sua identidade e o que deseja passar para seus clientes através dela, você consegue seu espaço no mercado.


Ao elaborar uma identidade visual com conhecimento e estratégias, você não vai precisar modificar nada ao longo do tempo, pois é assim que a clientela conhece a marca.


4. Posicionamento


Sem dúvidas, com uma boa identidade visual você vai garantir o seu posicionamento autêntico no mercado.


O posicionamento nada mais é do que ocupar o seu próprio espaço no ramo – especificamente em franquias.


Você precisa alcançar o seu espaço e não se tornar apenas mais um número em relação ao empreendimento.


Lembre-se: é preciso ser visto e lembrado pelos seus consumidores!


E é claro, o posicionamento está conectado diretamente com a identidade visual da franquia que você se tornou franqueado.


Não tem como trocar a padronização e esperar reconhecimento e posicionamento no mercado.


É muito importante seguir o que o franqueador escolheu!


A padronização da franquia





Uma franquia sem padronização traz inúmeros riscos tanto para o franqueador quanto para o franqueado.


Esse tipo de negócio já carrega um sentido de padrão e organização no seu conceito.


Por isso, você deve estar de acordo com o planejamento da empresa que você quer se tornar um franqueado.


Você deve estar de acordo com as normas e padronização estabelecidas pelo franqueador.


É através da padronização da identidade visual que os consumidores encontraram a sua franquia.


Se algo estiver diferente, fora do lugar e do que estão acostumados, dificilmente as pessoas conseguirão associar a sua franquia com as demais do mercado.


Além disso, se a padronização não for feita de forma eficiente, pode atingir até mesmo as vendas da franquia.


Afinal, uma parte do fluxo de clientes é feita por aqueles que já conhecem a marca e estão acostumados com ela.


A identidade visual remete a empresa e a proposta que ela traz para o público.


Se não existir uma padronização, automaticamente as propostas e planejamento da franquia são mudadas.


Acho que já deu para perceber a importância da identidade visual para a sua franquia, não é mesmo?


Após a proposta de negócio, a identidade é uma das características mais importantes do empreendimento.


Estrutura da franquia


Como já frisamos por aqui, as franquias possuem padrões a serem seguidos.


E na estrutura, não seria diferente.


Para você ter a estrutura, design e arquitetura que o seu negócio precisa, é imprescindível contratar bons profissionais para exercer o serviço.


Arquitetos são profissionais essenciais no projeto de uma franquia.


São eles que vão estabelecer o que sua empresa precisa para seguir a mesma linha das outras já existentes no mercado.


Desde a iluminação, infraestrutura, cores, conforto, fluxo de pessoas, espaço disponível até os menores detalhes.


Por isso, não hesite em procurar um profissional qualificado para colocar em prática um projeto arquitetônico eficaz, organizado e bonito.


Uma padronização não surge apenas de uma fachada, por exemplo.


Todas as características são validas e devem ser inseridas no projeto.


Se tornar um franqueador


Já falamos muito sobre a posição do franqueado no mercado, a pessoa que se torna afiliado a uma franquia já existente.


E por que não falar do franqueador?


O franqueador nada mais é do que o empreendedor que decide criar a sua própria franquia, abrindo espaço para franqueados se juntarem a ele.


Se esse é o seu caso, nós separamos algumas dicas para você também.


Quando você decide abrir uma franquia própria, você não sabe como planejar a sua identidade visual.


Portanto, você deve começar pelo descobrimento da proposta da sua franquia.


  • O que desejo passar com o meu negócio?

  • A minha franquia tem uma ideia de identidade de marca?

  • Quais são as minhas ideias perante à isso?

  • Em relação ao mercado, como funciona a identidade visual? É atrativa ou precisa de melhorias?

  • Como são os meus concorrentes e o que posso fazer para me diferenciar deles?

  • A identidade visual está de acordo com a proposta da empresa?

  • Como posso chamar atenção e gerar interesse do meu público através da minha identidade?


Inicialmente, esses são questionamentos pertinentes e importantes.


Antes de qualquer coisa, nós indicamos a você estudar sobre o seu próprio projeto.


Isso mesmo! Avalie a si mesmo.


Análise e avalie diversas vezes, peça opinião dos profissionais que estarão ao seu lado e veja o que é melhor para a sua franquia.


Vale frisar que, o princípio da identidade visual é ser fixo, justamente para os consumidores se adaptarem e obter reconhecimento toda vez que visitarem as franquias.


Mesmo assim, há casos de franquias que tiveram que mudar sua identidade de marca.


Isso é comum e acontece, mas você não pode fazer isso diversas vezes – ou a confusão entre o seu público estará garantida.


Dessa forma, conheça a sua marca e veja o que você quer obter dela.


Escolha as estratégias para criar sua identidade visual e atrair o interesse dos seus clientes e possíveis consumidores.


Boa sorte!