3 dicas que você não deve ignorar no Gerenciamento de Obras

Atualizado: 2 de Set de 2019

Gestão de obras é uma modalidade de um serviço desenvolvedor, sendo necessário dinamismo e aperfeiçoamento a cada dia.


Seu foco se refere a efetivação de projetos de arquitetura e engenharia e suas respectivas execuções.


Como todo projeto da área, torna-se necessário uma melhor garantia para que tudo se materialize no tempo e preço estipulado.

Uma gestão de obras bem-sucedida é aquela que consegue vislumbrar todo o projeto do início ao fim, e ter a expertise de realizar esta visão.


Com o objetivo de manter o ritmo dos negócios, gerentes de projeto necessitam tornar as suas práticas de gestão mais flexíveis.




Através de cada etapa, toda obra necessita ser bem arquitetada, o que acaba gerando e proporcionando um bom planejamento efetivo, não podendo haver improvisos.


De acordo com a Lei 5.194 de 1996, arquitetos e engenheiros civis têm a uma atribuição em comum: realizar o gerenciamento de obras.


Como gerenciar obras evitando imprevistos, e fazer suas entregas sempre no prazo através de alta qualidade?


Conheça as 3 dicas necessárias para a gestão de obras:




1. Organização:


Manter a organização no ambiente de trabalho é certamente um dos bons hábitos que todo profissional, independente de sua área de atuação deve adotar.


Possuir disciplina e o monitoramento são pontos essenciais para ocorra a estabilidade na vida profissional que gera lucratividade para as empresas.




Vale lembrar que quanto mais tempo um trabalhador passa arrumando o ambiente de trabalho, menos produtivo ele será e consequentemente menos lucros trará para o negócio.


Enquanto as práticas de gestão mudaram para serem mais flexíveis e abertas, seus pontos basilares continuam os mesmos.


O sucesso de uma obra ocorre quando ela é entregue no prazo, de acordo com o orçamento e com um nível de satisfação do cliente.


O principal papel do gestor é manter os membros da equipe cientes destes três pilares: Tempo; Orçamento e Qualidade.


Ademais, manter um bom padrão é importante para o conforto dos colaboradores, que se sentem mais motivados no exercício de suas funções.


Ao contratar e treinar a mão de obra especializada, o gestor precisa levar em conta inúmeros pontos, tais como: Fazer a compra dos materiais que serão utilizados; administrar cada evolução da produção; ficar atento ao cronograma; bem como distribuir atividades e fazer uma supervisão efetiva de tudo aquilo que está sendo feito;


Assim como na administração de qualquer outro tipo de projeto, o gerenciamento de obras antecipa problemas, por ter como objetivo o cuidado com toda a organização do cronograma de uma obra, tal gerenciamento também é uma excelente ferramenta, pois com ela, é possível conseguir prever problemas, imprevistos, bem como resolvê-los de forma eficaz.


Com um gerenciamento de obras bem feito, é possível diminuir todo e qualquer risco ainda antes do início da construção.


Deste modo, é viável aumentar a produtividade, atentando-se a detalhes dos mais diversos.


É de suma importância elaborar, acompanhar e controlar procedimentos para o gerenciamento em vários quesitos, tais como:


● Controle dos contratos, com foco em impostos, tributos e encargos sociais.

● Foco nos direitos Civil, Comercial e Trabalhista.

● Atenção às aquisições necessárias ao planejamento e execução da Obra.

● Controle de indicadores de qualidade para a execução da obra.

● Promover técnicas para o desenvolvimento das partes interessadas e seu comprometimento com os objetivos do projeto.

● Promover técnicas para o desenvolvimento da organização física dos diversos tipos de obra, analisar o impacto do projeto, sua metodologia de gerenciamento e controle, relacionados aos diversos tipos de obra.

● A manutenção da organização do canteiro de obras é fundamental, e vale deixar claro que todos os colaboradores devem ser incentivados a manterem seus lugares de trabalho com total organização.


Tendo como base o trabalho realizado pela Artusi Arquitetura no que tange o Gerenciamento de Obras, vale lembrar que este escritório, que é especializado em projetos para empresas, e toma diversos cuidados com relação a este assunto.


Logo que recebe um projeto, os profissionais fazem uma análise de todo o planejamento, levando em conta a verificação de Leis e normas, se atentando àquilo que está nos planos do cliente e após reuniões com este, são definidos os materiais que serão utilizados, bem com o cronograma.


Todos estes cuidados demonstram organização, preocupação e empenho em entregar um trabalho bem feito que atendam todas as necessidades.


2. Saber lidar com as pessoas:


Saber lidar com todas as diferenças é um ponto de suma importante para a pessoa responsável pelo gerenciamento de obras, pois a comunicação certamente fica mais acessível, tornando-se solidária.


Contudo, lidar com pessoas é essencial, e o processo pode ser muitas vezes complicado, mas que com pequenas atitudes pode se tornar mais fácil.


Neste mesmo passo, muitos dos nossos pensamentos e sentimentos são desenvolvidos no trabalho, a partir das relações vividas nesse ambiente.


Porque através desse sentido, a convivência pode proporcionar experiências agradáveis e construtivas ou provocar sensações desgastantes, como estresse, frustração e até desmotivação para trabalhar.


Quando um gestor falha, as perdas financeiras e emocionais, além de qualidade da obra, podem ser irreparáveis.


E quando cumprem bem o seu trabalho, um desafio é superado, como resultado se tem colegas que se comprometem igualmente, gerando bons resultados a todos.


Vale salientar que também há os clientes que, muitas vezes, ficam apressando para que a obra fique concluída rapidamente, e para lidar com isso, jogo de cintura e paciência são essenciais, pois suas ações devem ser precisas, mas também flexíveis em certas questões.


Uma boa estratégia para lidar com outras pessoas é aderir a uma política de comunicação aberta, encorajando todos os membros da equipe a expressarem suas opiniões e preocupações.


Isso reduz, significativamente, o risco de erros e estreitam as relações entre todos os colaboradores.





Por ter experiência no Gerenciamento de Obras, a Artusi Arquitetura, sabe que o diálogo é de suma importância para que um projeto seja concluído com sucesso.


Por isso, todas as vezes que atua em um novo empreendimento, os profissionais procuram organizar reuniões seja com os clientes, e com fornecedores, para que todos compreendam e estejam de acordo com todas as especificações do projeto.


Há de salientar que após as reuniões com fornecedores, são repassados aos clientes questões como orçamento e cronograma e após resolvida esta fase, a Artusi Arquitetura juntamente com sua equipe de Arquitetos, se empenham em monitorar os riscos, compras, cronograma, tendo sempre como prioridade a qualidade e comunicação;


3. Ter conhecimentos amplos e multidisciplinares:


A Multidisciplinaridade pode ser desenvolvida de maneira simultânea, mostrando às pessoas as ligações que podem possuir.


Essa premissa surgiu do princípio de que todo o tipo de conhecimento pode ser estudado e devidamente compreendido em partes, para que seja alcançado um determinado objetivo.


No que tange estabelecer uma relação entre as disciplinas, terá a interdisciplinaridade como principal resultado.


O gestor, assume um papel importante, pois ele é a pessoa que sempre será o responsável por inúmeras negociações.


A chave para uma boa negociação é seguir suas próprias ideias, pois quando não é atendida essa iniciativa, não há como gerenciar obras de forma efetiva, tendo em vista que o gestor é quem controlará o andamento do projeto.


O gerenciamento e fiscalização de projetos e obras de engenharia é quase uma consequência da natureza do projeto.


Para que um projeto saia de acordo com o esperado, é de suma necessidade administrar sabiamente os recursos, dispondo de atenção para quesitos como tempo, custos e qualidade a fim de que o projeto atenda seus objetivos e satisfaça a todos os que nele estiverem envolvidos.


Quando se trata de gerenciamento de obras, a Arquitetura e a Engenharia Civil andam de mãos dadas, e atuam lado a lado, realizando uma parceria, com fiscalizações, que têm por objetivo principal a aprovação final e encerramento dos contratos.


Para a Artusi Arquitetura esta parceria e boa relação é essencial para um bom desempenho do projeto, fazendo com que todas as ideias pensadas para o empreendimento se tornem reais, com um resultado satisfatório a todos.


Vale ressaltar que gerenciar um projeto na construção civil exige disposição e dedicação, pois diversos imprevistos podem ocorrer, o que torna a fase de cumprimento de prazos uma tarefa árdua.


Mas para superar este tipo obstáculo, uma boa assessoria de Arquitetos torna tal questão mais fácil de ser administrada.


Agora, fica uma pergunta: Por que o planejamento da obra é uma das tarefas que mais impactam nos processos e no prazo de entrega?


Para responder tal questionamento, o trabalho que precisa ser realizado deve ser feito com muita atenção e cuidado, e levando em consideração todos os fatores que podem impactar a obra, como o leiaute do canteiro, equipamentos e insumos necessários, mão de obra empregada em cada etapa e recursos financeiros.


Cabe ainda salientar que a lista de fatores que podem interferir consideravelmente no planejamento da obra é bem extensa, o que resulta em atrasos nas tarefas, prejudicando todas as etapas.


Deste modo, é fundamental que todo o projeto da obra seja devidamente planejado, garantindo que o canteiro siga todo o cronograma, aí novamente torna-se medida de rigor um bom diálogo entre as partes.





Ao planejar adequadamente todas as etapas da obra, os engenheiros, empreiteiros e principalmente os Arquitetos podem saber exatamente quando será necessário o emprego de mão de obra específica.


Assim, é possível criar uma escala para o canteiro de obras, possibilitando que a equipe seja segregada e utilizada somente quando necessário.


Evitando assim, uma demanda maior de funcionários, reduzindo custos, gerando qualidade da obra, bem como melhorando os processos, visto que cada tarefa será desempenhada pelo funcionário certo e com maior experiência.


Portanto, tudo isso entra na questão do bom gerenciamento, sendo essencial seguir a uma certa “teia” de objetivos dessa linhagem, seguindo o planejamento, cronogramas, orçamentos, o projeto técnico, podendo ser comemorado com a bela inauguração e abertura de uma champanhe.


Gostou das dicas da Artusi Arquitetura? Não perca por esperar! A empresa está relacionada com os melhores assuntos sobre o mundo de gerenciamento de obras!

e-book-passo-a-passo.jpg
infografico-implantaçao-franquia.jpg
infografico-como-funciona-o-manual-de-ar