Você sabe como fazer uma estruturação de franquias?



Um sistema de franquias destaca-se como uma estratégia de expansão muito eficiente para empresas que desejam ampliar sua área de atuação.


Qual o primeiro passo para a estruturação de franquia?

Pode-se ser realizado uma análise de franqueabilidade e viabilidade financeira

O que determinará se o negócio é franqueável, será necessário verificar a demanda do mercado pelos produtos ou serviços, as tendências do segmento, a concorrência, o público-alvo, as principais estratégias de atuação da empresa, e sua avaliação interna, especialmente a capacidade de produção e/ou expansão.


E o segundo passo?


Será o planejamento totalmente avaliado em estratégias de expansão.

Porque para um Planejamento Estratégico de Expansão, é preciso uma boa elaboração de etapas ao falarmos sobre o desenvolvimento de uma franquia.


A partir dele o franqueador terá uma melhor compreensão de sua empresa, do mercado e da concorrência.

Já o terceiro passo da estruturação de franquias deverá ser bem articulado a forma de manusear o negócio.

A Manualização da franquia, refere-se aos manuais da franquia que registram os métodos de trabalho da empresa, bem como o know-how do franqueador e configuram-se como ferramentas de transferência de conhecimentos e experiências.

O quarto passo será o circular de oferta da franquia.

É obrigação do franqueador oferecer aos candidatos a franqueado uma Circular de Oferta da Franquia, que deve ser elaborada com muito critério, contendo todos os itens determinados na Lei 8.955 - Franquia Empresarial, dentre os quais se destacam: descrição completa do negócio, que está sendo franqueado, das taxas a serem pagas, juntamente com todo investimento necessário para a montagem de uma unidade.


Portanto, a apresentação detalhada do perfil do franqueado é essencial.

No quinto passo será necessário analisar o pré-contrato de franquia.

Tem como objetivo formalizar o compromisso entre candidato e franqueador até a assinatura do contrato de franquia.

Ou seja, o pré-contrato será assinado com a pessoa física do franqueado, previamente aprovado no processo de seleção de candidatos, somente após um período mínimo de 10 dias do recebimento da Circular de Oferta da Franquia descrita no item anterior, conforme determina a lei.

No sexto passo, é necessário avaliar corretamente o contrato.

Contrato de franquia

O Contrato de franquia é o documento que formaliza o relacionamento e define os direitos e deveres do franqueador e do franqueado.

O principal objetivo do Contrato deve ser definir as normas que regem a relação comercial que envolve a concessão de venda de produtos e/ou serviços, associada à transferência de métodos e técnicas de operação do negócio, o direito de uso da marca, e, principalmente, a assistência contínua que o franqueador prestará ao franqueado.

No sétimo passo, nós tratamos sobre a implantação da franquia.

Isso porque a implantação de unidades franqueadas mais sucedidas exige do franqueador uma boa estruturação profissional.

O que exige, na prática, que franqueado não aceite improvisação, e o franqueador quer sempre ver o melhor resultado operacional em todas as unidades da rede.


Para a Artusi Arquitetura, o sistema envolve tipos atrativos para novos investidores, são eles:

Maior probabilidade de sucesso;

O fornecimento da estrutura de processos;

O suporte e treinamento necessários.

Mas, ao criar um projeto de franquia não é algo para qualquer negócio.


Sendo necessário a pessoa que deseja ser um franqueado obter atributos vantajosos.

Por exemplo:

Habilidade administrativa;

Flexibilidade,

Perfil para empreender;

Buscar sempre capacitação na área;

E entre outras.

Porém, uma grande questão ronda em torno desse projeto:

O perfil da empresa em si está de acordo com o modelo de franchising?

E esse tal perfil envolve aspectos financeiros, judiciais, estruturais e de gestão?

Contudo, é muito importante que, ao cogitar embarcar em um mercado competitivo como o das redes de franquias, o empreendedor saiba que está totalmente preparado.

Porque afinal, se ele deseja obter sucesso como franqueador, sua empresa deve ser atraente e segura para futuros franqueados.

Na visão dos profissionais da Artusi Arquitetura, há um modelo necessário além da atratividade.


Sendo ele: o modelo da empresa ajustado e testado antes de ser replicado.


Através disso, a formatação de franquias faz toda a diferença.

Mas, e como é possível garantir o padrão de qualidade e o conceito do negócio?

Aqui entra uma parte muito importante do Projeto de Expansão:


Os Manuais de Operação do Negócio para estruturação de franquias É a partir do momento que o empresário decide expandir o negócio com franquias ou outra rede de negócios (própria, licenciada), deve pensar como replicar o modelo de sucesso que tem hoje.

A forma ideal é por meio dos Processos, Manuais e dos Programas de Capacitação para os futuros franqueados e sua equipe.

Temos uma equipe especializada em mapeamento e análise de processos que atuará diretamente na operação para entender e replicar o know-how da empresa franqueadora.

Os resultados desse trabalho são os Manuais para cada área, de forma a atender as necessidades do dia a dia do franqueado.

Orientamos na estruturação interna da franqueadora e na capacitação da equipe que deve atuar no processo de expansão e na gestão de franquia da rede.

E quais são as vantagens para os futuros franqueados da rede?

Todos os franqueados obtêm uma série de vantagens competitivas:

- Entrar em um negócio já testado e com marca consolidada no mercado; eliminar etapas, com a experiência do franqueador;

- Atuar em território definido e com processos que orientam na condução do negócio;

- Beneficiar-se dos poderes de uma grande marca;

- Conquistar ganhos em escala;

- Minimizar os riscos de empreender por conta própria.

- A expansão pelo modelo de franchising requer estrutura física, financeira e de pessoal, além de muito planejamento estratégico

Mas vamos lá para outro advento: independentemente da área em que o empreendedor desejar atuar, o empresário deve, em primeiro lugar, procurar saber mais sobre como funciona o sistema de franchising, as leis, os casos de sucesso e insucesso.

Em segundo, fazer um estudo da franqueabilidade do seu negócio, ou seja, analisar as condições da empresa, o posicionamento da marca no mercado, avaliar a concorrência, definir o modelo, conceito e estrutura a serem replicados.

A partir daí elaborar um plano de operação para os franqueados e um plano de expansão, definindo quantas unidades pretende abrir, em que regiões e em quanto tempo.

Já na terceira etapa é desenvolver o sistema operacional e de gestão, para garantir a padronização e qualidade da marca.


Nesse momento se faz necessária a criação de manuais para orientar os franqueados de forma clara e objetiva em todos os passos da abertura da franquia.


Após esse processo de formatação, é fundamental validar a operação projetada antes de lançá-la no mercado.

O ideal é criar uma unidade piloto, para que os processos sejam testados e corrigidos antes de partir para a venda das franquias.


Esses são os passos básicos para uma boa estruturação de franquias, quem pretende transformar seu negócio, e cada uma das etapas devem ser acompanhadas de perto pelo empresário.


Pesquisa, busca de informação e aprofundamento nas questões relacionadas ao setor são fundamentais para dar início a essa empreitada.

Não hesite em buscar ajuda com consultores, principalmente no ramo da Arquitetura, que poderá auxiliar-lhe em todos os passos para ter uma franquia de sucesso, com a diminuição de riscos.

E este tipo de estudo tem como principal objetivo propor uma metodologia para estruturação de franquias, garantindo a manutenção dos padrões e processos operacionais e gerando maiores possibilidades de sucesso para o negócio.

Para estruturar unidade franqueadora, é exigido alguns esforços que muitas empresas nem imaginam e acabam sendo surpreendidas.


A busca por franqueados de confiança, que vão trabalhar arduamente para expandir o nome da marca é um desafio, afinal, ninguém quer ter prejuízo.

Atente-se para outro fator muito importante: é a definição clara do público-alvo.


É necessário compreender quem são os consumidores ideais e em quais regiões residem, trabalham ou frequentam.


Essas informações são essenciais na escolha da localização ideal para uma nova unidade.



E quais informações precisam ser consideradas antes de abrir uma franquia?

Agora que você já compreende a importância de estudar todo o mercado e as possibilidades antes de expandir o negócio, separamos uma lista com os principais tópicos que devem ser vistos previamente ao início do investimento.

- Escolher a forma correta de expansão de franquias é a melhor maneira de garantir que todo o processo vai ocorrer como o esperado, gerando os resultados desejados e evitando prejuízos.

Portanto, antes de iniciar esse percurso, é importante analisar todas as questões abaixo e confirmar que a marca está preparada para expandir a sua participação no mercado.

Já ao falar sobre planejamento, a ideia de planejar todos os passos de uma empresa é essencial, principalmente quando o assunto é expansão de franquias.


É preciso elaborar um planejamento estratégico e econômico para definir como a marca pretende atuar, quais são os objetivos, público-alvo, produtos/serviços, investimentos em marketing, estratégias para atrair clientes etc.

No planejamento é que as marcas conseguem visualizar as suas expectativas e delimitar as principais necessidades do negócio.

Em relação ao time, ao falarmos sobre 'equipe', um dos principais pontos que precisam ser estudados na hora de trabalhar a expansão de franquias é encontrar pessoas dedicadas e comprometidas com o crescimento da empresa.

Atrair franqueados, definir a quantidade de funcionários, preparar os profissionais para se comportarem de acordo com as políticas da marca e viabilizar a contratação de trabalhadores em todos os setores são apenas alguns dos primeiros passos de uma franquia.

A equipe de expansão deve ser preparada para oferecer aos interessados em fazer parte da marca as informações corretas, desde modelos de comportamento, dados sobre os produtos/serviços, além de estar à disposição para solucionar quaisquer outras dúvidas que possam surgir durante o processo de contratação.

E sobre o site da franquia?

Hoje em dia, ao investir com a intenção de obter consistência e credibilidade na internet é essencial para que uma marca consiga se destacar entre a concorrência.

Quando uma empresa não oferece os resultados que o público procura na web, dificilmente esse possível cliente vai se deslocar até o estabelecimento.

Proporcionar um bom site, como se fosse uma vitrine para o seu público-alvo, é um diferencial capaz de alavancar os resultados das suas vendas.

É importante inserir na página as principais informações sobre todas as franquias, meios de contato, produtos/serviços e um modo eficaz de captação de interessados a serem franqueados, por meio de um formulário.

Uma das maneiras mais eficientes para conseguir essas informações é oferecendo algo em troca - um cupom de desconto para usar na loja física é uma opção que costuma funcionar bem.




E quanto a tecnologia?

Um tema necessário para o desenvolvimento de novas estratégias, integração de informações e a possibilidade de uma comunicação instantânea é contar com diversas ferramentas e dispositivos.

Porque a tecnologia se tornou uma grande aliada para as franquias, e ela está sempre em expansão.


Graças ao desenvolvimento de diferentes recursos foi possível integrar plataformas e permitir que lojas em outros endereços contem com o mesmo sistema.

E, através disso, os setores financeiros conseguem os números de maneira instantânea, assim como a gestão de estoque garante que não faltem produtos nas filiais, por exemplo.

Já referente a divulgação, é importante ter êxito da expansão de franquias, está a divulgação.


Anunciar a abertura de novos estabelecimentos e elaborar uma campanha voltada para o público-alvo da marca é essencial para garantir o sucesso do investimento.

Os consumidores precisam ter contato com a franquia.


Essas estratégias são essenciais para reforçar a lembrança da marca e garantir que os clientes recorram ao estabelecimento quando precisarem dos produtos/serviços oferecidos.

A expansão de franquias é uma ótima oportunidade para aumentar a abrangência da marca no mercado e alcançar novos consumidores.

Portanto, antes de investir em uma determinada empresa, é importante planejar todo o processo e contar com profissionais especializados para garantir as ações necessárias que vão proporcionar o sucesso esperado pela empresa.

e-book-passo-a-passo.jpg
infografico-implantaçao-franquia.jpg
infografico-como-funciona-o-manual-de-ar