Coworking: Por que essa tipologia de ambiente está cada vez mais presente?



Coworking é um método usado para envolver funcionários de diferentes funções para trabalharem no mesmo espaço, entregando uma nova forma para o sistema de trabalho.

Podendo ser um estímulo para a criatividade, as vantagens do Coworking é poder contar com uma área aberta e de convívio entre todos.


Você não precisa necessariamente trabalhar na sua mesa, pode ir para o inúmeros espaços da sua companhia.

O dinamismo da rotina e o contato com profissionais de diversas áreas é sempre um gás para possíveis insights criativos aparecerem.

Pode gerar uma ampla rede de contatos, muitas pessoas acabam por descobrir novos caminhos dentro da sua própria área.


Coisas que realmente amam pela diferença de convivência, sobre diferentes trabalhos circulando por perto.



Ao invés de ser concorrente, os funcionários poderão ser parceiros.


Engajados com trabalhos e projetos maiores hoje em dia, reunir uma equipe e trabalhar em conjunto certamente pode trazer benefícios para a empresa quanto para seus colaboradores.

Além de expandir o formato de trabalho, há sempre a possibilidade de explorar campos que não pareciam tão óbvios anteriormente.


Por conta do networking, novas possibilidades acabam surgindo e podem, muitas vezes, revolucionar o rumo da carreira de um profissional.

Por que investir em um espaço coworking?

No Brasil, já existem coworkings voltados para cada área de atuação profissional, esses espaços compartilhados mais abrangentes têm muito a acrescentar na carreira de muitos profissionais.


É justamente a interação com pessoas que possuem conhecimentos diferentes acaba proporcionando experiências e trocas significativas.

É possível desenvolver habilidades de socialização e negociação devido a convivência em coworking:

O espaço é excelente pela facilidade e ausência de burocracia, podendo abrir um leque enorme de oportunidades e aprendizados.

Por fim, os benefícios como economia e networking são o incentivo inicial para os profissionais que buscam um espalho compartilhado, mas é a soma de todos os outros fatores que faz com que os arquitetos estejam tão satisfeitos com essa nova visão de trabalho.

Como funciona o Projeto de Coworking?

Os escritórios compartilhados surgiram há pouco tempo e já ganharam o mundo.

A proposta traz uma oportunidade dupla aos profissionais e às empresas que enxergam nesta modalidade uma forma mais interessante de encarar a rotina de trabalho.


Focar no estudo e na criação desses espaços ou compor o grupo de pessoas que cada vez mais desfrutam de uma área de uso comum tem sido uma opção para quem está começando um novo negócio ou almeja vantagens econômicas, pois a relação custo x benefício desses espaços são de fato muito vantajosas.

Um bom projeto de coworking deve atender todas as necessidades do público que permanece no local.


Seguindo esse princípio básico, é possível conceber ambientes com diferentes estilos e cheios de personalidade.

- Como funciona o uso dos Coworkings em São Paulo?

O conceito de escritório compartilhado surgiu nos Estados Unidos em 2005 e veio para o Brasil em 2007.


Desde então, é um mercado que vem apresentando crescimento e se consolidando em diversas regiões do país.

- Mas você sabe o porquê da popularidade dos Coworkings?

Não deve ser surpresa em tempos marcados pelo uso constante da tecnologia, seja em atividades de lazer ou no trabalho.


Com acesso fácil à internet, profissionais de diversas áreas podem exercer suas funções em qualquer lugar e no momento que acharem oportuno.

O site Coworking Brasil divulga pesquisas sobre esse mercado desde 2015.

Ano passado houve uma explosão de escritórios compartilhados em diversos estados.


Para 2018, a previsão é de amadurecimento e maior organização desses espaços.

Tudo indica que pequenas empresas, freelancers e autônomos vão continuar buscando ambientes inspiradores e equipados com tudo o que é necessário para negociar com clientes e fornecedores.


Aos arquitetos mais antenados, cabe o interesse de investir nesse tipo de arquitetura corporativa.




Elementos de um projeto de coworking:

Os escritórios compartilhados são estruturados de diversas maneiras.


Algumas marcas realizam suas atividades em espaços amplos e bem-equipados.


Por outro lado, há os pequenos cafés e centros comerciais que abrem portas para que a comunidade local faça uso dos ambientes, mesmo que de maneira improvisada.

Independentemente do porte e do design escolhido para o coworking, é importante que o projeto conte com elementos básicos para o bom funcionamento do espaço.

Quais são os principais diferenciais desse tipo de espaço?

Optar por um espaço coworking pode proporcionar inúmeros benefícios por atuar dentro de um ambiente compartilhado com colegas de profissão, como por exemplo:

- Salas integradas;

- As equipes melhoram a comunicação;

- Promovem networking;

- Contribuem para a união da classe profissional e fortalecem o setor;

- Encontrar novos parceiros e divulgar trabalhos;

Todos saem ganhando em um espaço que estimula a criatividade e que é propício para a troca de conhecimentos e de experiências.

Para os clientes, não é preciso se preocupar com as etiquetas corporativas.


O fato de não haver baias nem divisórias estimula os encontros aleatórios e as conversas espontâneas.

Pessoas mais retraídas podem se comunicar mais facilmente, usando o clima de colaboração do lugar.


Com rotinas de trabalho cada vez mais colaborativas, a tendência é o modelo se tornar mais viável a cada ano.

e-book-passo-a-passo.jpg
infografico-implantaçao-franquia.jpg
infografico-como-funciona-o-manual-de-ar