Cores Aplicadas ao Design

Atualizado: 2 de Set de 2019

Finalizando a série de posts sobre as cores, vamos ver casos de sucesso, onde o uso da cor ideal, seguindo todos estes conceitos de cores, fez toda a diferença.



Schutz - Oscar Freire




Para começar, temos o exemplo da Loja Schutz na Rua Oscar Freire em São Paulo.


Esta loja tem uma vista imponente, especialmente à noite.


Em toda a loja, foi utilizada uma paleta acromática, ou seja, branco e preto, permitindo assim, dar destaque as formas e transmitindo a sensação de movimento dos elementos, com a ajuda dos efeitos de iluminação.


Agora para e feche seus olhos: o que lhe vem a mente ao lembrar desta imagem: cores ou formas? Exato, a forma neste caso é muito mais marcante.


Como cereja do bolo, o logo da marca na fachada foi muito bem empregado em Vermelho, que como vimos, é uma cor de destaque, e portanto foi usado para destacar a marca.


M&M World's - NY


É impossível falar sobre cores em lojas e não citar o caso da loja da M&M em Nova Iorque.


A própria marca é sinônimo de cor!


Quem já foi, sabe bem do que eu estou falando.


A loja atrai milhares de pessoas diariamente com um design marcante e uma experiência de compra diferenciada.










A loja apresenta uma composição policromática, de cores vibrantes, que transmitem a sensação de energia, aventura, diversão e alegria, tirando proveito de todos os aspectos das cores da roda de cores e conferindo ao espaço uma referência lúdica, que encantam aos pequenos e aos grandinhos também.


Novamente, vamos frisar, neste caso o que mais se destacam são as cores, embora as formas também sejam exploradas.


Mas pergunte a alguém que já foi lá para descrever a arquitetura da loja, você provavelmente vai ouvir de muitos: ela é colorida!


Nike - Argélia


Temos também este projeto mais recente, a Loja da Nike na Argélia.


Notamos nele a presença de uma escala acromática, representada pelo cinza e preto mesclada com cores complementares: azul, muito presente na iluminação, indicando uma marca futurista e tecnológica, e o laranja sua cor complementar no círculo cromático, no logo e nos tons de madeira.


Podemos observar que o cinza e o preto foram utilizados como tons neutros, no plano de fundo, podendo conferir destaque as cores das roupas e do Visual Merchandising.


O cinza também confere o aspecto de urbano, que com o visual merchandising, remete a ideia de corridas de rua.



Barbie - Shangai

E por último, vamos fechar com chave de ouro falando sobre a flagship da Barbie em Shangai também é um bom exemplo de como o uso da cor reflete a identidade visual que a marca deseja transmitir.


A influência da Barbie nos dias de hoje é visível e sem dúvida marcante.


Existem sempre comparações e citações da boneca mais vendida do mundo: costuma-se chamar alguém de Barbie por estar vestida de rosa, ou por ser loira e bonita.


Isso prova que a Barbie valorizou uma linha de preocupação com a estética, beleza e ajudou a criar um padrão de beleza.


A moda da boneca influencia a sociedade, pois ela procura sempre simbolizar uma mulher ou moça bonita, inteligente, amiga, companheira e meiga.


A Barbie marcou gerações inteiras e continua até hoje, devido a personalidade que lhe foi associada.



Sendo assim, em sua flagship, não poderia ser diferente.


O correto emprego das cores é observado em todos os ambientes.


Como é de se esperar Rosa, é a cor predominante em todos os 3.000m² da loja, reflexo de feminilidade da menina mulher, representada pela boneca, que foi criada para o público adolescente em 1959.


Na entrada principal, o branco entra como pano de fundo destacando as formas sinuosas e o rosa presente no visual das bonecas expostas.


O verde também aparece como uma composição complementar ao rosa, conforme vimos anteriormente no post sobre círculo cromático, porém com menos destaque.




Em outros ambientes da loja, é possível notar também a presença de lilás (variação do violeta) representando o mundo de fantasia e magia da boneca.


O preto entra para demonstrar sensualidade, pois a boneca, embora destinada em primeiro plano ao público infantil, foi baseado numa boneca erótica, com formas voluptuosas e sensuais.

O preto e o branco nas áreas do café, e do restaurantes representam a elegância e o clássico, muitas vezes representado no figurino da boneca;



O prata (cinza), mostra um lado “hi-tech”, indicando que embora a “Senhora Barbie” já esteja com quase 60 anos, ela está sempre à frente do seu tempo.

E este foi nossa série de posts sobre as cores.





Espero que tenham gostado! Não se esqueça de deixar seu comentário, crítica ou sugestão. Nos vemos na próxima semana. Até lá!

e-book-passo-a-passo.jpg
infografico-implantaçao-franquia.jpg