Business Model Canvas: você já ouviu falar?

Há alguns posts atrás, explicamos direitinho para você sobre o Plano de Negócios: o que é, quais os benefícios e como fazer um plano de negócios para a sua empresa. Se você ainda não leu esse artigo, dá uma passadinha lá para tirar todas as suas dúvidas antes de continuar nesse post.


Bom, agora que você já sabe o que é um plano de negócios, podemos fazer a introdução do Business Model Canvas.



O que significa?


Business Model Canvas, traduzido do inglês para o português, significa um quadro de modelo de negócios.



Quem criou?


O Business Model Canvas foi criado por Alexander Osterwalder, escritor, pesquisador e empreendedor suíço, e foi implementado no mercado por volta de 2008.



Alexander inseriu essa ferramenta no mercado por meio do lançamento do seu livro: Business Model Generation.



O que é?


O modelo de negócios Canvas foi criado como uma ferramenta prática e ágil para o empreendedor desenhar os principais e mais relevantes pontos de um plano de negócios, que pode ser alterado constantemente conforme a necessidade da empresa.



O Canvas serve para o empreendedor olhar e organizar o seu negócio de forma rápida, portanto, é uma ferramenta fundamental quando você já criou um plano de negócios ou está neste processo.


Para começar a criar o seu modelo de negócios Canvas, você pode acessar o site do Canvas e baixar o modelo original.


O Canvas é uma ferramenta visual, constituído por nove tópicos a serem preenchidos. Os tópicos a serem abordados são:


O ideal, antes de iniciar o Canvas, é definir um mapa mental. O efeito visual é muito mais eficiente para definir um modelo de negócios, portanto, um mapa mental pode ser o seu melhor amigo nestas horas.


Comece pelas informações que você já possui em prática ou que você já tem em mente.



1. Segmento de clientes


Você já sabe quem é o seu cliente? Já definiu o seu Avatar? Liste as opções que você tem ou que você acha que mais se enquadra com o seu negócio e coloque no seu Canvas.



2. Oferta de valor


O que faz a sua empresa ser especial? O que diferencia você dos seus concorrentes? Liste suas ofertas de valor que fazem o seu cliente se apaixonar pelo seu produto ou serviço. Veja que no modelo Canvas, esse componente é o centro do planejamento.



3. Canais de vendas


Quais são os seus canais de comunicação com o cliente? Você está presente nas redes sociais? O seu público-alvo pode estar em qualquer lugar e as redes sociais são uma ótima ferramenta para atingi-los.


Esse é o momento de incluir o marketing digital e divulgar a sua oferta de valor. Encontre e defina qual é o seu canal de venda mais efetivo e verifique se está atingindo todo o seu público-alvo. Uma dia de como medir isso é o geomarketing.


Encaixe-os no seu Canvas e veja se está ornando com as informações já colocadas.



4. Relacionamento com o cliente

Aqui entra seus meios de comunicação com o cliente, os benefícios que eles terão ao comprar o seu produto ou contratar os seus serviços e os suportes que serão disponibilizados a ele.


Neste quesito, podemos incluir o contatos pessoais (ligações, mensagens, e-mails, visitas), os contatos automatizados (como newsletters, dicas, promoções) e a produção de conteúdo em seu site, blog ou canal, que educam e mantém o seu cliente próximo a você.


Acrescente também todas essas opções em seu Canvas.



5. Estrutura de receitas


Para preencher o seu Canvas, comece pelas perguntas relacionadas com o seu cliente:


  • Qual valor ele está disposto a pagar pelo seu produto ou serviço?

  • Como ele pagará por isso?

  • Quais são todas as fontes de receitas que você tem?


Liste todas as fontes de receitas e os valores agregados. Tenha uma noção básica da sua receita bruta.



6. Recursos

Esse tópico envolve todos os recursos que você dispões para por em prática o seu modelo de negócios.


E dentro dele, fazendo um mapa mental, devemos contar os recursos: físicos (fábricas, lojas, veículos de transporte, maquinário); intelectuais (marcas); humano (criatividade, técnicas de produção) e financeiro.


Coloque em seu Canvas todos os recursos e infraestruturas que são necessários para que seu produto ou serviço seja executado com sucesso.



7. Atividades

Liste em seu Canvas as atividades que são fundamentais para produzir o seu produto ou serviço. Para isso, faça uma lista a partir das categorias abaixo:


  • Produção (a manufatura em si);

  • Resolução de problemas (planejamentos, treinamentos, aprendizagem);

  • Plataforma/rede (atendimento ao cliente, venda de produtos, etc).



8. Parceiros

Neste campo, você precisa listar os parceiros que são necessários para o seu negócio ou que poderão agregar valor ao seu produto ou serviço. Por exemplo: para conseguir X recurso, qual parceria seria interessante?


Quais atividades serão melhor executadas se você fizer uma parceria com a empresa Y? Quais os custos que você poderá reduzir ou eliminar com uma determinada parceria?


No seu Canvas, liste apenas os parceiros fundamentais para seu empreendimento.



9. Estrutura de custos


Ao chegar neste componente, você terá todas as informações necessárias para preenche-lo. No seu Canvas, você deve listar os seus custos fixos e variáveis e as suas economias de escala e escopo.


Seus custos fixos são aqueles de todo mês: luz, internet, telefone, etc. Os custos variáveis podem ser: matéria-prima, impostos, fornecedores, mão de obra, etc.


Já as economias, você deve listar a relação do custo médio por unidade do produto com o volume produzido (escala) ou a redução desse custo médio ao produzir mais de um produto ou serviço juntos (escopo).


Separamos um artigo sobre Redução de Custos que pode te ajudar a fazer um planejamento melhor!


Agora que você já sabe o que é o Canvas e como preenche-lo, imprima um cartaz com o Business Model Canvas, separe algumas canetinhas e post-its e ponha em prática tudo que você aprendeu.



Visualize o seu negócio com esses olhos e veja a mágica acontecer! Defina a sua empresa, seus clientes, seus gastos e saiba pontualmente onde você deve mudar ou aperfeiçoar.

e-book-passo-a-passo.jpg
infografico-implantaçao-franquia.jpg
infografico-como-funciona-o-manual-de-ar